Somma Blog

Empreendedorismo, Provocações, Informações e Conhecimento

Mulheres preferem equilíbrio entre vida pessoal e profissional a altos salários

Postado por Adriana Ferri em Comprometimento, Motivação, Resultados | março 10, 2013 | 1 Comentário

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Fato foi revelado em um estudo feito pelo Linkedin em homenagem e apoio ao “Dia Internacional da Mulher”

Conciliar o trabalho e a vida pessoal é um dos desafios de muitas mulheres brasileiras, principalmente aquelas que têm filhos. De acordo com uma nova pesquisa feita pelo Linkedin, chamada “O que as mulheres querem no trabalho”, elas buscam esse equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, sendo que isso conta mais pontos até do que altos salários.

O estudo foi realizado em comemoração e apoio ao Dia Internacional das Mulheres, 8 de março, e divulgado nesta semana, sendo uma parceria entre a rede social de profissionais Linkedin e o Cross Tab Research. As avaliações foram realizadas com 5 mil mulheres em 13 países e os resultados mostraram que a maioria das mulheres ao redor do mundo (63%) define sucesso profissional como ter o balanço perfeito entre trabalho e vida pessoal.

Entre as brasileiras, o estudo revelou que elas se sentem confiantes sobre suas carreiras e também otimistas sobre suas capacidades de terem um trabalho gratificante em equilíbrio com a vida familiar. O estudo no Brasil mostrou que 88% das entrevistadas consideram sua vida profissional “bem sucedida”, enquanto 85% delas acreditam que podem “ter tudo”.

No entanto, quando questionadas sobre como os filhos afetarão suas ambições de carreira, as brasileiras ficam divididas. O estudo do Linkedin revelou que 68% daquelas que ainda não têm filhos acreditam que não vão desacelerar suas carreiras quando forem mães, enquanto os 32% restantes acreditam que irão.

A pesquisa mostrou uma grande mudança no significado de sucesso profissional para as mulheres de todo o mundo ao longo da última década. Há dez anos, pesquisas semelhantes mostravam que apenas 39% delas priorizavam o equilíbrio entre trabalho e vida profissional, enquanto hoje a maioria (63%) manifesta essa valorização.

A pesquisa mostrou que os altos salários não são tão essenciais quanto esse equilíbrio para as mulheres, mostrando que houve uma diminuição na importância desse quesito de 56% para 45% no período de 10 anos. Entre as profissionais brasileiras, há alguns anos ganhar um alto salário significava sucesso para 63% delas, agora, apenas 51% tem essa visão.

O sucesso para as mulheres trabalhadoras brasileiras atualmente é ter o equilíbrio da vida pessoal com a profissional, revelando que 71% delas fizeram essa afirmação, enquanto de cinco a dez anos atrás era apenas de 33%.

A pesquisa mostrou ainda quais são os principais desafios enfrentados pelas mulheres do mundo inteiro em relação ao trabalho. Elas desejam maior flexibilidade no ambiente de trabalho e gostariam de melhorias em planos de carreira.

No Brasil, a desigualdade de salários e a carência de investimento em desenvolvimento profissional foram também pontos relevantes destacados pelas mulheres.

“Felizmente, as mulheres executivas no Brasil vem conquistando reconhecimento no mercado de trabalho, porém, ainda há muito a ser construído. Para que isso aconteça, é fundamental que existam planos de carreira claros e que as empresas apoiem e estimulem o desenvolvimento de seus colaboradores, não apenas para gerar valor, mas para que se sintam encorajadas e valorizadas”, afirma Nadir Moreno, presidente da UPS e membro do Comitê Executivo do LIDE Mulher.

Bookmark and Share

Tags: > > > > > > > > >

Comentários

One Response to “Mulheres preferem equilíbrio entre vida pessoal e profissional a altos salários”

  1. Carlos
    novembro 17th, 2016 @ 15:22

    Muito bom,deveria ser assim!

Deixe o seu comentário