Somma Blog

Empreendedorismo, Provocações, Informações e Conhecimento

Treine o seu carisma

Postado por Adriana Ferri em Comunicação, Estratégia, Resultados | abril 19, 2017 | Deixe seu comentário

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Charme e crença pessoal são inatos para alguns, mas, acredite, todos os empresários podem desenvolver o seu carisma para conquistar e atrair novos clientes

O que os empreendedores Oprah Winfrey, Richard Branson e Elon Musk têm em comum? Além de seu enorme patrimônio líquido, todos eles são altamente carismáticos. Mas o que exatamente é carisma?

O carismático pode contagiar os outros com seu próprio entusiasmo. Eles nos convencem, não só de sua autoconfiança, mas também nos fazem sentir mais confiantes em nós mesmos. Como empresário, o carisma é uma fórmula vencedora para a sua marca pessoal. Se você tem carisma, anjos investidores, potenciais clientes e a imprensa vão acreditar no seu potencial e estarão mais propensos a investir em seu negócio.

Há uma crença popular de que o carisma é uma qualidade inata. Na verdade, um especialista no assunto, Richard Wiseman, estimou que o carisma é 50% inato e 50% aprendido. Isso significa que qualquer pessoa pode reforçar seu carisma para atingir seus objetivos profissionais e pessoais.

Mas, para começar a trabalhar nosso carisma, precisamos nos conhecer melhor. Abaixo listaremos alguns comportamentos para você auto avaliar seu comportamento numa reunião:

  • Quebrar o contato olho no olho – pode denotar nervosismo ou desinteresse.
  • Balançar demais a cabeça – assentir repetidamente dilui o impacto da mensagem e geralmente implica em nervosismo ou falsidade. Se você concorda com o que está sendo dito, acene uma vez e então permaneça quieto.
  • Cruzar os braços – pode parecer postura defensiva.
  • Sorrir demais – isto pode causar incômodo e faz com que o outro questione o seu entusiasmo. O melhor é ter um sorriso sincero (especialmente na primeira reunião).
  • Olhar para o celular ou relógio – sugere impaciência ou desinteresse.

Ao aumentar a sua consciência de alguns comportamentais você passará a ter mais credibilidade e sinceridade.

Como os empresários muitas vezes precisam lançar ideias e propostas como parte de seu trabalho, eles, invariavelmente, conhecem novas pessoas o tempo todo. Muitas vezes isso envolve a tentativa de forçar relacionamentos eficazes em um período curto de tempo.

A maneira como você imagina uma situação antes dela acontecer pode ter uma influência sobre seus níveis de carisma naquele dia. Se você se convencer de que uma reunião será desconfortável isso será inconscientemente refletido em sua linguagem corporal, o que diminuirá a atração dos outros para você.

Em vez disso, imaginar eventos ou reuniões com o objetivo de aprender mais sobre os outros e colocá-los à vontade, isso pode ter um efeito positivo no resultado de cada encontro. Ouvindo ativamente a outra pessoa, não só diminui a pressão sobre si mesmo, mas você também cria um vínculo mais profundo.

Pessoas carismáticas muitas vezes, propositadamente, tocam uma pessoa no ombro ou no braço, enquanto eles estão apresentado pontos específicos. Isso ajuda a controlar a conversa e faz com que a outra pessoa se sinta à vontade. Porém, esta ação deve ser feita com cautela. Algumas pessoas não gostam de serem tocadas, neste caso use sua discrição e ajuste sua abordagem de acordo com cada um.

Aperto de mão, contato visual e uma postura de corpo mais receptiva representam maneiras sinceras de mostrar autoridade, proximidade e confiabilidade. Você pode transmitir essas primeiras impressões de várias formas antes de entrar no conteúdo ou discussão. Assim você vai demonstrar:

  • Autenticidade – ter um interesse genuíno em pessoas, fazer perguntas, ouvir as suas necessidades e preocupações. Lembre-se de seus nomes e detalhes sobre as conversas.
  • Clareza – articular bem as palavras, usar pausas, metáforas, histórias e anedotas para criar um componente visual (em outras palavras, faça-se fácil de seguir e entender).
  • Convicção – fale apaixonadamente e acredite no que você diz.
  • Humor – divirta-se durante as conversas, sorria e, quando apropriado, se solte.

Todas estas sugestões podem ser postas em prática muito rapidamente. No entanto, é importante progredir lentamente em cada situação, permitindo um ensaio e refinamento do carisma de pequenas formas. Isso significa que o processo não só se torna muito menos assustador, mas também torna-se naturalmente uma parte integrada do seu comportamento no dia a dia.

Por Richard Wiseman – psicoterapeuta e fundador da Pinnacle Therapy

Bookmark and Share

Tags: > > > > > > >

Comentários

Deixe o seu comentário